segunda-feira, 13 de agosto de 2012

LIBERDADE !


ACERCA DE MIM,

NADA ME CERCA.

O CÉU ESTÁ ABERTO,

O VENTO NÃO POUPA,

E , COM SUA FORÇA ARREBATA A FACE,

ARRASTA NUM VENDAVAL,

COMO PÓ DE POEIRA SOLTO NO AR,

NO MAIS ALTO CÉU TOMA FORMA DE PÁSSARO,

SOLITÁRIO,

MAS COM OLHOS DE LINCE

MIRA DO ALTO PARA ACERTAR SEU ALVO,

DESTA VEZ SEM SE ENGANAR.

 


11 comentários:

  1. Lindo post!


    Vim pra lhe fazer um convite:


    Tem uma promoção rolando no site www.portaltudoaqui.com.br.

    Você não pode perder essa! Quem ama lingeries não pode deixar de participar. A Absoluta Lingeries mandou uma sacolinha com 5 maravilhosos conjuntos da coleção primavera verão 2012/13, para sortear entre as leitoras. Quer saber como participar? É Super fácil! Acesse e participe!

    Basta clicar no link, ler o regulamento e concorrer!

    http://www.portaltudoaqui.com.br/L_noticias.php?cod_not=2526

    ResponderExcluir
  2. É, você tem olhos de lince mesmo, e não é só para fazer um poema desse porte, tão ousado, forte, águia, mas esse seu olhar de lince é arrebatador e libertador até para fazer comentários. Olha, Sylvia, li o seu comentário em meu blog, nem sei o que dizer, tentei dizer com o poema abaixo, que dedico a você; é simples, mas é sincero. Muito obrigado, Sylvia!!!

    Sylvia - a amiga

    Leio e releio o comentário,
    É mais que o meu abecedário.
    Sylvia, me curvo ao gesto seu.

    Agradecer, como? Não sei.
    Eu que já havia entregue os pontos
    De todo sonho que sonhei,
    Você lançou os contrapontos

    E me entendeu de um jeito tal,
    Que se estendeu a um levantar
    Na hora certa, pontual,
    Quando eu estava a desabar.

    Sylvia - a amiga -, eu lhe agradeço,
    Que haja só luz em seu caminho!
    Eu deixo aqui o meu apreço
    E a gratidão pelo carinho.

    ResponderExcluir
  3. Ficou faltando o primeiro verso, estou enviando novamente, tá?

    Sylvia - a amiga

    Sylvia, você me comoveu.
    Leio e releio o comentário,
    É mais que o meu abecedário
    Sylvia, me curvo ao gesto seu.

    Agradecer, como? Não sei.
    Eu que já havia entregue os pontos
    De todo sonho que sonhei,
    Você lançou os contrapontos

    E me entendeu de um jeito tal,
    Que se estendeu a um levantar
    Na hora certa, pontual,
    Quando eu estava a desabar.

    Sylvia - a amiga -, eu lhe agradeço,
    Que haja só luz em seu caminho!
    Eu deixo aqui o meu apreço
    E a gratidão pelo carinho.

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga

    Quando as palavras
    encontram sentimentos
    que fazem com que elas
    encontrem seus sentidos,
    nossa vida se enfeita
    com as cores da esperança.

    Obrigado por sua amizade.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  5. Vim lhe fazer um convite:
    Tem uma promoção rolando no site PortalTudoAqui!

    Você não pode perder essa! Quem ama lingeries não pode deixar de participar. A Absoluta Lingeries mandou uma sacolinha com 5 maravilhosos conjuntos da coleção primavera verão 2012/13, para sortear entre as leitoras. Quer saber como participar? É Super fácil! Acesse e participe!

    http://www.portaltudoaqui.com.br/L_noticias.php?cod_not=2526

    ResponderExcluir
  6. Muito belo,,,liberdade talvez seja perceber que o infinito é o limite dos sonhos...beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  7. Mais uma bela flechada poética!..
    OU quem sabe um itenso e belo võo!..
    rsrs

    bjo de paz
    =)

    ResponderExcluir
  8. Voar através dos pensamentos e sentimentos, é liberdade.
    Tornar isso num Poema, é sublime.
    Belo.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  9. Tão triste nasceu hoje o Verão
    Tão agreste sopra este colérico vento
    Tão molhada está esta verde terra
    Tão cinza está um coração em desalento

    Mentem os que disserem que perdi a Lua
    Os que profetizaram o meu futuro de luz
    Mentem os que acharam que não me visto de sentimento
    Os que acham que apenas a mentira seduz

    Acolhi no olhar todas as coléricas vagas que alcancei
    Abracei uma roseira e senti o golpe dos espinhos
    Senti o aroma errante das hortênsias
    Numa viagem por sete caminhos

    Bom fim de semana

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  10. ola , vi o seu comentário num outro blog e saí correndo para o seu blog, vendo seu magnifico espaço, adorei imenso, mas tenho um convite para fazer, se voce gostar de poesia venha visitar e dar a sua opinião aos meus poemas http://assombrado-mc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Sylvia, assim deve ser nossa liberdade: Totalmente sem fronteiras!
    Bjks doces!
    Eu decidi restringir o acesso ao meu blog e queria que me enviasse seu email para eu fazer o convite.

    ResponderExcluir